27 agosto, 2006

Memória

A poesia que mais adoro é Memória de Carlos Drummond de Andrade,
ela me faz lembrar da minha adolescência quando fazia teatro e quando descobri poesias.
Esta particularmente conheci quando estava de férias no Rio e me apaixonei!!! por ela.
Nada melhor que ter a juventude no coração e na memória..rs

afinal, como diz Drummond "... as coisas findas
muito mais que lindas, essas ficarão."



Memória

Amar o perdido

deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão
Mas as coisas findas

muito mais que lindas,
essas ficarão.

Carlos Drummond de Andrade

3 Comentários:

Blogger Glaucia disse...

Oi Lu
Temos algo em comum , eu também amo está poesia, outra que eu amo é Exílio de Cecília Meireles, vou achar aqui e te mandar.
Obrigada pela recepção no grupo de scrap, pretendo ter uma participação mais ativa.
Me tira uma dúvida o que significa LO?
Abraços
Glaucia

9:20 AM  
Blogger Edivânia disse...

Lu

Lindo seu blog, adorei!!! posso te linkar?
Beijos

11:14 AM  
Blogger Loreta Labarca disse...

Luuuuuu, tudo de lindo o teu blog, lindona!!! Parabéééééns.
Amei a música suave e gostosa. Eu já sou mais escandalosa na escolha das minhas. Só tem balanção no meu bloguxo. Hahahahahaha.
Obrigada por me linkar, viu?!
Beijocas mil.
~ Loreta ~

1:21 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial